Apresentação

Congresso Mundial de Universidades Católicas acontece na PUC Minas, entre os dias 18 e 21 de julho de 2013, no campus Coração Eucarístico. O evento, que reunirá cerca de duas mil pessoas de várias partes do mundo, antecede a 28ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada em seguida, de 23 a 28 de julho no Rio de Janeiro.

A PUC Minas, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte, realiza o CMUC junto com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Federação Internacional de Universidades Católicas (Fiuc), a Organização de Universidades Católicas da América Latina e Caribe (Oducal) e a Associação Nacional de Educação Católica (Anec). O congresso tem a contribuição de órgãos públicos brasileiros nas esferas estadual e municipal e também de organismos nacionais e internacionais, como a Congregação para a Educação Católica e Pontifício Conselho para os Leigos. 

Tema:

Novos tempos, Novos Sentidos

 

Eixos Temáticos

Eixo 1Fé e Crise de Sentido:

Este eixo se encontra em consonância com o desejo da Igreja, que decidiu “proclamar um Ano da Fé. Este terá início a 11 de Outubro de 2012, no cinquentenário da abertura do Concílio Vaticano II, e terminará na Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, a 24 de Novembro de 2013”. A vivência da fé em nossa cultura tem se tornado um desafio para muitos.

Neste contexto é que se procurará refletir sobre a fé em seu aspecto hermenêutico – aquele em que se procura conhecer o projeto salvífico de Deus e interpretá-lo em diálogo com a realidade em que se vive –, em seu aspecto existencial – pois a fé implica em um elemento existencial de acolhida da interpelação divina, em “dar o coração” a alguém (do latim: cor + dare = credere) –, em seu aspecto práxico, pois a fé busca uma ação transformadora no dia a dia por meio da caridade e, por fim, no seu aspecto escatológico, uma vez que a fé já é introdução na vida plena e definitiva do amor Trinitário.

Eixo 2Espiritualidade e Comunicação: lócus de construção do humano.

Neste eixo, será discutido o papel humanizador das universidades, pois, em nosso contexto, cada vez mais se afirma a necessidade de uma educação que se oriente para a formação integral do ser humano, que aborde e favoreça a integração de todas as suas dimensões. No caso das Universidades Católicas, esta necessidade é compreendida como uma missão no campo da educação universitária, pois “Nascida no coração da Igreja [...] revelou-se como um centro incomparável de criatividade e de irradiação do saber para o bem da humanidade” (Ex Cordis Ecclesiae, 1), visando consentir e favorecer “aos homens alcançar a medida plena da sua humanidade” (ECE, 5).  Neste eixo também se encontram temáticas como: a universidade e a formação integral do ser humano; ética, qualidade acadêmica e formação profissional; humanização e relacionamentos no seio da comunidade acadêmica; as universidades católicas a serviço da justiça social e da libertação dos pobres e excluídos, o acesso a uma educação de qualidade.

Eixo 3Família, Amizade, Afetividade e Sexualidade: desafios para um amor integral.

Uma vez que “Só a caridade pode transformar completamente o homem” (Novo Millenio Ineunte, 49-51), neste eixo a grande preocupação diz respeito à formação para a prática do amor nos relacionamentos interpessoais, na vida familiar, na vida comunitária e na sociedade, pois, Nesta temática, será abordada também a sexualidade, pois esta é “um dom de Deus [...] uma dimensão constitutiva da pessoa humana, que nos impulsiona para a realização afetiva no relacionamento com o outro” (Evangelização da Juventude, 103) e que exige uma formação “que integre a sexualidade em um projeto mais amplo de crescimento e maturidade no qual ela seja baseada na liberdade e não no medo; leve em conta as exigências da ética cristã; leve ao amor e à responsabilidade; desperte para a autoestima, principalmente no cuidado com o corpo; tenha Deus, criador da vida, da sexualidade e da alegria, como sua fonte de inspiração” (EJ, 103).

Eixo 4Universidade, Cultura da Paz e Protagonismo Juvenil.

O eixo busca o protagonismo juvenil, seja no âmbito do exercício da profissão ou no exercício dialogal numa sociedade marcada pela diversidade cultural, seja no mundo da política ou na busca da construção de uma sociedade mais sustentável, seja participando ativamente da vida eclesial por meio de sua inserção em alguma pastoral. Os jovens devem se sentir encorajados a continuar a investigação da verdade e do seu significado durante toda a vida [...] ‘e de se tornarem capazes de formar um juízo pessoal e de cultivar o sentido religioso, moral e social’ (Gaudiu et Spes, 59)” (Ex Cordis Ecclesiae, 23), desenvolvendo a “responsabilidade de contribuir concretamente para o progresso da sociedade” (ECE, 34) e “assumir lugares de responsabilidade na Igreja” (ECE, 31). 

Conheça os detalhes do Congresso e acesse o Projeto Temático aqui.

 
 
Quem somos O congresso Programação Local do Evento Notícias Inscrições Imprensa Fotos Downloads FAQ Contato
 
 
 
Conference - Sistema de Inscrição de Eventos